Bravo....... Bravíssimo

Forte - Magnífico: eis o sucessor do Stilo

Por Marcelo F. Rodrigues    ·    25/11/2010    ·    bravo,
 
 

A palavra Bravo pode ter vários  significados, tanto na sua origem italiana quanto no "abrasileirado". A questão é que a Fiat acertou na bravura brasileira e no "magnífico" italiano. O carro está realmente bonito e, principalmente tecnológico.  As cinco versões disponíveis variam de R$ 55.200,00 até R$ 67.700,00 no T-Jet (que começa a ser vendido no primeiro trimestre do ano que vem). Esta versão conta com rodas aro 18" e pinças vermelhas. Realmente bonito e muito esportivo. Hoje (quinta, 25) tive a oportunidade de pilotar o T-Jet em Jacarepaguá, a versão Absolute nas ruas do RJ e de quebra fazer um teste na carona com os pilotos da Bosh para realmente verificar a segurança dos sistemas ABS e ESP. Todos testes muito bons.

O Fiat Bravo chega com duas potentes motorizações — a nacional 1.8 16V E.torQ com câmbio mecânico ou Dualogic, e a importada 1.4 T-Jet com câmbio de 6 marchas — e três versões de acabamento — Essence, Absolute e T-Jet — muito bem equipadas.

O motor E.torQ 1.8 16V concilia alto desempenho e economia, com ótimo torque em baixas rotações. Rodando somente com gasolina, sua potência é de 130 cv a 5.250 rpm; com etanol, 132 cv na mesma rotação. E o torque máximo, de 18,4 kgfm com gasolina e 18,9 kgfm com etanol, é atingido a 4.500 rotações. Mas aos 2.500 rpm, o motor já produz 93% de seu torque.

Trata-se de um motor compacto e leve, projetado para durar e ter baixo custo de manutenção. E, melhor ainda, tem baixos níveis de emissões e funcionamento silencioso. Ele equipa as versões Essence e Absolute do novo Fiat Bravo.

Já o motor 1.4 16V T-Jet equipa a versão esportiva do hatchback. Este compacto motor turbo a gasolina produz nada menos que 152 cv de potência e 21,1 kgfm de torque a 2.250 rpm. Motores pequenos com desempenho de motor grande são uma forte tendência na Europa. Sua vantagem é que, quando não exigidos, eles são tão econômicos quanto qualquer outro motor da mesma cilindrada. Para obter essa fórmula, emprega-se um turbocompressor especialmente desenvolvido para sobrealimentar o motor de menor cilindrada.

O motor T-Jet vem acoplado a um câmbio mecânico de 6 marchas, italiano. E para mais esportividade, o Fiat Bravo traz overbooster, que é acionado pela tecla OVB localizada no painel do carro. A partir da ativação desta função a curva de pedal do acelerador é comutada para uma curva mais agressiva. A abertura da borboleta então é alterada para um valor maior em uma mesma posição de pedal. Com a tecla OVB acionada, toda vez que o motorista pisar mais de 10% do curso do pedal do acelerador, a central de injeção irá autorizar a Válvula Waste Gate a se manter mais fechada, aumentando a sobrepressão no motor de 0,9 bar para 1,3 bar. Esse aumento de sobrepressão trará um ganho de torque na faixa de 2.000 rpm até 4.000 rpm, passando por um pico de 23,0 kgfm a 3.000 rpm (sem o overbooster,são 21,1 kgfm de torque).

O Fiat Bravo, por exemplo, pode ser equipado com até sete airbags — dois frontais, dois laterais dianteiros, dois para a proteção das cabeças dos ocupantes, além de um para a proteção dos joelhos do motorista. Com direção elétrica Dual Drive®, ele chega com tecnologia de ponta como faróis de neblina com sistema cornering, Rádio NAV™, faróis de Xenon, sensor de estacionamento dianteiro, espelhos retrovisores externos rebatíveis e um novo teto solar Skydome.

O Rádio NAV™. Novidade na gama Fiat, o sistema agrega rádio RDS (Radio Data System), MP3, CD player, funções de trip computer e sistema de navegação por satélite (GPS). A interface do dispositivo é uma tela de cristal líquido de 6,5 polegadas, 256 cores e resolução de 400 x 240 pixels. O GPS orienta o motorista por meio de instruções sonoras e visuais, e a posição do veículo está sempre atualizada por satélite.

 

 
Ver mais artigos sobre: bravo ↑  Voltar para o topo
 

Carros & Cia

o fantástico mundo do automóvel

Entre em contato conosco:
(54) 3221 4600
contato@carrosecianews.com.br

   
Cadastre-se em nossa newsletter: